Tempo de leitura: < 1 minuto

Crise no Inep representa riscos aos alunos mais pobres

|

Saída em massa de servidores públicos do Inep é um retrocesso que pode levar anos para reconstruir e prejudica, principalmente, os alunos mais pobres. É o que diz Priscila Cruz (Todos) em entrevistas ao Jornal da Cultura (assista abaixo) e à Rádio CBN.

Lucas Hoogerbrugee (Todos) também falou sobre a pauta ao Correio Braziliense e ao UOL, alertando que a crise é resultado de algo que vem ocorrendo há muito tempo.

Ao SP2, Olavo Nogueira Filho (Todos) comenta que a instabilidade do Inep gera insegurança e pressão a mais para quem vai fazer o Enem. Veja aqui (a partir de 12:45).