Tempo de leitura: < 1 minuto

Todos discute retorno seguro às aulas presenciais em sessão no Senado

|

“Prioridade às aulas presenciais, sim; mas não a qualquer custo”, defendeu Lucas Hoogerbrugge, líder de relações governamentais do Todos, em sessão temática no Senado Federal sobre o retorno seguro às aulas presenciais. O evento foi realizado nesta sexta-feira (2) pelo Senado e reuniu parlamentares, educadores e especialistas em Educação.

Além de estratégias nacionais para uma retomada segura e efetiva, os convidados debateram os impactos da permanência prolongada de crianças e adolescentes fora das escolas. Como efeitos do afastamento, participantes citaram o comprometimento da saúde mental e física dos estudantes, insegurança alimentar e perda significativa da capacidade de aprendizado.

A sessão foi motivada pelo PL 5595/2020, em análise no Senado. Aprovado na Câmara em abril, o projeto insere os ensinos Básico e Superior no rol de serviços e atividades essenciais no formato presencial, ou seja, que não podem ser interrompidos durante a pandemia.

Lucas enfatizou que, dado o cenário da Educação, a vacinação dos trabalhadores da área deve ser prioridade em todo o Brasil. “Acelerar a vacinação dos profissionais da Educação é medida essencial e deve ser viabilizada junto com outras medidas de prevenção dentro das escolas para um retorno seguro e efetivo. Estamos falando de distanciamento, máscaras, ventilação, protocolos de higiene”, disse. Segundo ele, ações como essas já estão em curso de forma bem sucedida em alguns lugares, mas “é preciso dar uma escala nacional para essa coordenação”.

Clique aqui e veja a apresentação exibida por Lucas durante o debate.

Assista à íntegra da sessão: