Tempo de leitura: < 1 minuto

Todos debate impactos da pandemia na Educação no Senado

|

Um debate com a participação de Lucas Hoogerbrugge, líder de relações governamentais do Todos Pela Educação, inaugurou nesta segunda-feira (25) as audiências públicas realizadas pela Subcomissão Temporária do Senado para Acompanhamento da Educação na Pandemia.

Na ocasião, os participantes discutiram o planejamento e as ações relacionados ao retorno das aulas presenciais na Educação Básica, além de estratégias educacionais contra as perdas ocasionadas durante o período. Lucas apontou a ausência do governo federal na coordenação de medidas para mitigar os efeitos da crise sanitária na Educação, que teve como consequências desde a falta de parâmetros nacionais para a tomada de decisões, até a falta de apoio técnico e financeiro aos Estados e Municípios.

Ele apresentou dados sobre os impactos da pandemia no acesso às escolas, na exposição de crianças e jovens a violências, na saúde e na trajetória de aprendizagem desses estudantes, mostrando que os alunos e alunas pretos, periféricos e do campo são os mais afetados. “Estudantes mais pobres tiveram seu direito à Educação totalmente negado durante a pandemia”, concluiu. Nesse sentido, reforçou a importância de um retorno presencial com condições adequadas, proporcionadas pelo poder público, e do reforço nos investimentos para a expansão do ensino integral.  

“A Educação é um direito em si mesmo e um direito que serve como alicerce para todos os outros direitos. Por isso precisa ser colocada em primeiro lugar”, disse Lucas.

Clique aqui para ver a apresentação Educação na pandemia, exibida por Lucas durante a audiência pública.

Assista ao debate na íntegra: