Tempo de leitura: < 1 minuto

Nota técnica do Todos contra projeto que altera o ICMS e impacta Educação é destaque em editorial do Estadão

|

Caso o projeto de lei complementar que permite a alteração do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) seja aprovado pelo Congresso Federal, o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e os recursos para a área de estados e municípios sofrerão um grande impacto, com o corte de R$ 19,2 bilhões. Perigo que detalhamos em nossa nota técnica, que é destaque em vários jornais, inclusive no editorial do jornal Estadão desta quinta (02).

<LEIA NOTA TÉCNICA QUE DETALHA PERDAS PARA A EDUCAÇÃO>

Segundo o jornal, a iniciativa da Câmara dos Deputados de reduzir o ICMS de combustíveis e energia elétrica, criando uma alíquota máxima no País inteiro a fim de frear a alta da inflação, pode acabar tirando recursos da Educação Básica. “Em boa hora, o movimento Todos pela Educação veio a público, na última segunda-feira, alertar para o risco de perdas bilionárias nas redes municipais e estaduais de ensino − onde estão matriculados oito em cada dez alunos no País.. […] O Senado fará bem ao ensino brasileiro se levar em conta os argumentos do Todos Pela Educação.”

Leia o editorial na íntegra

E confira a repercussão da nossa nota técnica em outros jornais:

Matéria do jornal O Globo, que também destaca nossa nota: Leia a matéria

Entrevista da Priscila Cruz, na GloboNews: Assista à matéria

 

Your IP Address is:
189.4.78.221