Tempo de leitura: < 1 minuto

“Necessitamos de mais recursos para a Educação, mas isso tem de vir acompanhado da definição de um modelo mais redistributivo”, afirma Priscila Cruz

|

Todos Pela Educação e Editora Moderna organizaram, ontem (02/07), evento com os principais jornalistas de São Paulo para a apresentação do Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019. Na ocasião, Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos, e Luciano Monteiro, diretor de relações institucionais do Grupo Santillana Brasil, explicaram a importância da publicação para o monitoramento social dos avanços e desafios de todas as etapas educacionais.

+LEIA MAIS: MUNICÍPIOS TÊM ATÉ SETE VEZES MAIS DINHEIRO PARA EDUCAÇÃO DO QUE OUTROS

Olavo Nogueira Filho, diretor de políticas educacionais do Todos, por sua vez, trouxe os principais destaques do Anuário, dando enfoque às informações voltadas ao financiamento do ensino – tema do ano na Educação Básica devido às discussões voltadas ao Fundeb no Congresso Nacional. Cruz destacou que é preciso aprofundar e qualificar o debate a respeito de financiamento educacional, indicando formatos e fontes. “Precisamos avançar na discussão sobre precisar ou não de mais recursos para a área. É claro que necessitamos de mais verbas, mas isso tem de vir acompanhado da definição de um modelo mais redistributivo”.

+LEIA MAIS: CONHEÇA O ESTUDO QUE REVELA CENÁRIOS DE TRANSIÇÃO FINANCEIRA PARA UM NOVO FUNDEB MAIS REDISTRIBUTIVO

Priscila Cruz

Foto: Todos Pela Educação

Your IP Address is:
44.192.38.49