#DiadaEducação

28/04 é Dia da Educação e nada melhor que saber de sua importância na voz deles, que são o coração da Educação: as crianças e jovens.
A pandemia do novo Coronavírus os afastou da escola, causando um impacto na aprendizagem, mas também nas emoções (deles e nossas)!
Perguntamos para algumas crianças e jovens “do que eles mais estão sentindo saudade da escola” e percebemos que todos a levamos no coração, mesmo estando longe dela, porque é a Educação que muda as nossas vidas, muda tudo. Assista ao vídeo e veja o resultado! Aproveite e pergunte em sua casa, afinal #ConversarFazBem.



#ConversarFazBem

Que tal se, neste momento em que é importante ficarmos em casa para combater o coronavírus, conversássemos mais com nossas crianças e jovens? Esse é o nosso convite! Porque #ConversarFazBem. E uma boa conversa só precisa de uma simples pergunta! Pensando nisso, nós compartilhamos aqui e em nossas redes sociais uma série de perguntas para ajudar a disparar diálogos - afinal, mais do que passar o tempo, eles ajudam a reforçar e aprofundar vínculos entre pai, mãe, responsáveis e as crianças e jovens.

Participe!

Escolha uma pergunta, proponha para uma criança ou jovem, anote as respostas ou grave um vídeo e pronto!
Viu como é fácil embarcar nessa? Você encontra materiais inspiradores nesta página e não se esqueça: use a hashtag #ConversarFazBem e convide mais três amigos a entrar no desafio.

Vamos juntos, todos juntos, fazer nosso melhor!

Confira abaixo algumas perguntas deste convite:

#ConversarFazBem no Fantástico

Todo ano o fantástico usa o material do "100 perguntas que vão dar o que falar" para conversar com crianças em diferentes cidades do Brasil. As perguntas levam as crianças a muitas viagens. Desta vez, o Fantástico fez uma matéria sobre o #ConversarFazBem, e pedindo que os responsáveis pelas crianças fizessem as perguntas para elas. A ideia é aproveitar esse momento de quarentena para melhorar as conexões e diálogos.

Veja a matéria



#ConversarFazBem

#ConversarFazBem e nos ajuda a passar por este momento convivendo melhor e criando memórias em família. E você pode participar desta campanha que mostra como iniciar diálogos inspiradores nos dias em que temos de ficar em casa: registre como quiser os papos em família, publique com #ConversarFazBem e convide mais pessoas a fazerem o mesmo!

Dia da Educação



O sentimento

Nunca imaginamos viver um momento como esse.
Longe de pessoas queridas, do trabalho, da escola.
Mas, agora, é assim: ficar em casa pelo bem de todos.
Isso tudo pode parecer, e é, muito difícil.
Por isso, esses são tempos para cultivar, ainda mais, a empatia e aprender a conviver melhor. Fazer da lembrança, que ficará em nós, a melhor possível. Em especial para as crianças e jovens. É hora de cuidar e se conectar com quem está conosco em casa. De reforçar e aprofundar os vínculos entre nós. Como? Conversando.
Conversar é muito mais do que saber das necessidades do dia a dia.

É entrar no universo do outro, perceber os medos, os sonhos, as diferenças.
É falar e escutar com atenção, dar e receber.

A atitude

Conversar é um ato de amor e de amizade. E pode começar com uma simples pergunta.


Estamos buscando contribuir com esse momento e ajudar mães, país, avós, avôs, tias, tios, irmãos, crianças a iniciarem boas conversas nas famílias. Por isso, lançamos o #ConversarFazBem com perguntas que criam o diálogo e conexões.

Então, conta pra gente como foi, compartilhando nas redes sociais com a hashtag #ConversarFazBem. Assim, você inspira outras pessoas a participar e envolver suas famílias também. Afinal, conversar faz bem pra todo mundo.

Sobre o "100 perguntas que vão dar o que falar"

A publicação tem como proposta oferecer uma forma de se criar uma ponte para a aproximação, comunicação e interação entre os adultos e as crianças e os jovens, a partir de perguntas em quatro temáticas: sentimentos, Educação, o lugar da criança no mundo; e cultura e esporte.

Clique para baixar a publicação

Quer conversar com o Todos?

Assine nossa newsletter e receba
novos materiais, análises sobre o que está acontecendo na Educação Básica e dados sobre a área!

Acesse